terça-feira, 8 de setembro de 2009

Sugestões para compra de livros na Bienal

Sugestões de livros
♥♥♥
Deixe aqui nos COMENTÁRIOS
sua sugestão de livros
para compra na Bienal.
Quem quiser consultar as sugestões,
basta clicar em COMENTÁRIOS
e ler as sugestões.

7 comentários:

Educação Infantil no Rio disse...

Olá!
Deixe suas sugestões de livros aqui. Todos poderão ler os COMENTÁRIOS e verificar as sugestões.
Um abraço,
EDUCAÇÃO INFANTIL NO RIO

creche odetinha disse...

Manual de Educação Infantil - 0 a 3 Anos Uma Abordagem Reflexiva Bondioli, A.; Mantovani
Descrição
Discute as questões pedagógicas das instituições que atendem crianças
pequenas: os problemas institucionais e profissionais que dizem respeito aos
educadores e aos pais, bem como a programação das atividades educacionais;
os conhecimentos relativos à criança com base em pesquisas sobre jogo,
linguagem e socialização; as propostas italianas bem-sucedidas para o
atendimento de crianças de 0 a 3.

Sumário

PARTE I
A Creche como Serviço

1. Creches entre dinâmicas político-institucionais, legislativas, sociais e
culturais
2. Serviços para a infância e para as famílias entre regulamentação e inovação

PARTE II
Os Adultos

3. O adulto frente à criança: ao mesmo tempo igual e diferente
4. Os comportamentos parentais em relação à criança e à instituição
5. Considerações críticas e experiências de gestão social
6. Coordenação pedagógica e trabalho em grupo
7. A atualização permanente nas creches
8. A programação
9. O relacionamento entre educadores e pais
10. A inserção

PARTE III
As Crianças

11. Modalidades e problemas do processo de socialização entre crianças na
creche
12. O desenvolvimento da linguagem
13. A dimensão lúdica na criança de 0 a 3 anos e na creche
14. “Aquele sou eu”: a criança frente ao espelho – relação com o outro e
exploração cognitiva
15. A construção dos conhecimentos através das trocas entre crianças:
estatuto e papel dos “mais velhos” no interior do grupo
16. Em direção a um serviço para a faixa etária de 0 a 6 anos: uma experiência
de continuidade
17. Além da creche: o tempo para as famílias

PARTE V
As Características de algumas Realidades

18. As creches em milão: um longo caminho desde o assistencialismo à
educação
19. As creches em Turim: a caminho de um projeto para a faixa etária de 0 a 6
anos
20. As creches em Bolonha: após o momento “político”, a busca de uma projeto
pedagógico
21. As creches de Gênova: a reorganização do sevriço como premissa para um
novo planejamento
22. O modelo de Reggio Emília: estreita integração entre creche pública e
família em uma cultura compartilhada dos serviços e do trabalho
23. As creches de Parma: a pedagogia do bem-estar
24. As creches em Pistóia: a qualidade de uma intervenção feita sob medida
para a criança
25. As creches na Região da Úmbria

Eliane Cunha disse...

Educação Infantil - Saberes e Fazeres da Formação de Professores
Editora: Papirus

Este livro discute os saberes e fazeres de educadoras em formação. Em seu contato com o cotidiano das creches, elas analisam as propostas de trabalho com diferentes grupos etários, abordam suas experiências e refletem sobre o processo que estão vivendo, sempre em diálogo com profissionais, crianças e famílias.

São abordados os temas centrais da educação infantil, como a especificidade que é ser professora de bebês; a importância de adotar uma proposta que seja sustentada na experimentação, na pesquisa e na vivência com diferentes materiais e espaços; o trabalho em pequenos grupos; as dificuldades e os desafios de construir relações pautadas na escuta, na afetividade e no respeito às diferenças; a co-responsabilidade da creche e da universidade na formação de novos educadores.

Em resumo, os textos aqui reunidos mostram que a qualidade da educação infantil está diretamente relacionada a fatores como compromisso, dedicação e disposição para ver e ouvir as crianças.

Eliane Cunha disse...

POR AMOR E POR FORÇA - ROTINAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL
MARIA CARMEM SILVEIRA BARBOSA
Editora ARTMED

Este livro leva os educadores a refletir e questionar as rotinas na educação infantil. A partir de sua observação da maneira como as rotinas são estabelecidas em diversas instituições no Brasil e no exterior, a autora mostra que é possível repensar a o cotidiano pedagógico, prestando atenção às práticas, aos motivos pelos quais se faz as coisas de um jeito ou de outro, viabilizando mudanças. Para isso, é preciso sair da visão adultocêntrica, de quem "sabe o que é melhor para as crianças", e adotar a premissa de que se está permanentemente sendo reconstruído através das práticas de vida.

Eliane Cunha disse...

Os Fazeres na Educação Infantil
Autor: Maria Clotilde Rossetti-Ferreira, Ana Maria Mello, Telma Vitória, Adriano Gosuen, Ana Cecília Chagur
Editora: CORTEZ

Este livro conta histórias sobre as formas de trabalhar com as crianças em creches e pré-escolas.
As histórias tecem as experiências práticas e os conhecimentos produzidos por um grupo de educadores e pesquisadores da Universidade de São Paulo.
Os temas abordados são: os medos, a alimentação, a higiene, o sono, as mordidas, as brigas, os materiais didáticos e os brinquedos, a chegada de uma criança portadora de deficiência, os afetos e desafetos, a arrumação do espaço, a aprendizagem e seus problemas, os limites, a disciplina.
O livro também apresenta textos sobre as novas leis que regulamentam o trabalho em educação infantil e as formulações mais recentes da ciência sobre o desenvolvimento das crianças.
Nesta obra você vai encontrar muitas histórias sobre os fazeres de crianças de 0 a 6 anos de idade e sobre os fazeres de uma instituição que as atende em parceria com as famílias. Histórias bem informadas, que ajudam pais e profissionais a refletirem sobre o seu próprio fazer com as crianças.

Ivanise Meyer disse...

Olá!
Para as crianças sugiro que visitem as editoras:
* Girassol (livros grandes, c/ figuras que "saltam");
* Salamandra (livros c/ páginas reforçadas);
* Paulinas (tem livros p/ todas as idades, preço bom);
* Brinque Book (boa qualidade e boas histórias);
* Melhoramentos (os livros do Ziraldo, aqueles do bichinho da maçã, o preço deles geralmente é mais caro);
* Editoras tradicionais: Ática, Scipione e Moderna.
* Formato e Lê (bons títulos);
* IBEP - Companhia Editora Nacional (bons preços e bons títulos);
* Cosac Naify (bons títulos, qualidade gráfica);
* Callis editora (vale à pena conhecer);
* Manati (bons livros);
* Peirópolis (bons livros);
* DCL (bons livros,de bom tamanho).
▼▼▼
* O segredo da Bienal é ir sem pressa, conhecer os lançamentos e perceber quais obras realmente vão despertar o interesse infantil.
Observar: qualidade do texto, pertinência das ilustrações, qualidade gráfica (tipo de papel, impressão, capa, durabilidade).
OBS.: Para bebês não é necessário "apenas" o livro de pano ou de plástico. Se alguém lerá para os bebês, optem por bons livros, adequados a sua faixa etária.
Livros de pano e plástico, geralmente, são apenas para manuseio da criança...
Umas "dentadinhas" sempre vão acontecer, afinal, é o processo de reconhecimento das crianças nessa idade.
▼▼▼
Não deixem de visitar a editora WAK (pavilhão VERDE, rua S14) e conhecer o meu livro BRINCAR & VIVER: PROJETOS EM EDUCAÇÃO INFANTIL!

Beijinhos,
Ivanise Meyer :)

Ivanise Meyer disse...

Olá!
Deixei sugestões no Baú de Ideias:
http://baudeideiasdaivanise.blogspot.com

Bjs,
Ivanise :)